Skip to content

Cidade para quem?

29/12/2010

Essa conta não fecha.

Passagem de ônibus a 3 reais. Motoristas e cobradores ganhando pouco e trabalhando de maneira indigna e degradante (não receberam PLR* no ano passado). Ônibus sem nenhumm e$travagância (nem luxo, NEM CONFORTO). Catracas que parecem a entrada de uma JAULA. Baixííssima eficiência nos deslocamentos (pela falta de priorização). Presidente do sindicato “acusado” (pra nao me complicar mais) de corrupção e de HOMICÍDIO. Donos das empresas comprando aviões, circulando de helicoptero por SP (contraditorio, nao?) e adquirindo mais e mais grupos empresariais.

Passagem de ônibus a 3 reais. Motoristas e cobradores ganhando pouco e trabalhando de maneira indigna e degradante (não receberam PLR no ano passado). Ônibus sem nenhumm e$travagância (nem luxo, NEM CONFORTO). Catracas que parecem a entrada de uma JAULA. Baixííssima eficiência nos deslocamentos (pela falta de priorização). Presidente do sindicato “acusado” (pra nao me complicar mais) de corrupção e de HOMICÍDIO. Donos das empresas comprando aviões, circulando de helicoptero por SP (contraditorio, nao?) e adquirindo mais e mais grupos empresariais.

Estamos bancando luxos e luxúria.

Essa conta não ta fechando. Sinceramente. Tem  algo desproporcional e IMORAL. E a Prefeitura justifica o aumento afirmando que vai gastar menos R$ público em subsídios aos empresários.
Ora, se o problema são os MILIONÁRIOS SUBSÍDIOS, é preciso que eles sejam renegociados (pra nao dizer REDUZIDOS com fundamento no interesse público).

É isso que acontece quando damos a um SERVIÇO PÚBLICO primário o status de atividade empresarial. Lucro não combina com serviço público e moralidade. Essa conta também não fecha.

O cidadão é a RAZÃO DE SER do serviço público, e não mero destinatário. Eis a grande diferença entre o serviço público e uma atividade empresarial qualquer. Pena que essa confusão esteja tão naturalizada por aqui.

(Mais baixa ainda a iniciativa da Prefeitura que, como sempre avessa ao diálogo, impõe essa baixaria nesta época, em que estamos desmobilizados, viajando, preocupados com viagens, pernis ou champagnes).

*PLR = Participação nos Lucros e Resultados da Empresa. No ano de 2009 os funcionários TODOS das empresas de ônibus de São Paulo não receberam. Sabe o fundamento: “as empresas não tiveram lucro.”

Depois dessa vou mesmo para a praia.

Feliz Ano Novo e aproveite para circular pela cidade enquanto ainda é po$$ível pra vc (pra muita gente já não é).

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. Marcelo Blumenfeld permalink
    29/12/2010 9:42

    Excelente post, Rafa!

    Parabens pelas palavras, são muito pertinentes e verdadeiras. Sofremos no Brasil de uma síndrome de distanciamento do poder/serviço público da vida da população em geral. Isto causa a imoralidade impune pela separação entre “benfeitores” e “beneficiados”, transformando a relaçåõ em “aproveitadores” e “aproveitados”.

    Como já diz o filósofo Mario Sergio Cortella, “um poder que se serve ao invés de servir, é um poder que não serve”.

    É muito bom ver que existem pessoas como você, que carregam este inconformismo positivo, e que se mobilizam para fazer a realidade mudar para melhor.

    Parabéns pelo texto e pela iniciativa!

  2. 29/12/2010 11:59

    Parabéns pelo texto!
    Também escrevi sobre o assunto no meu blog, e coloquei um link para a sua postagem.
    É, realmente, revoltante. Obrigar uma pessoa a gastar R$120,00 por mês, para perder horas esperando o ônibus e pegar um ônibus lotado e caindo aos pedaços!

  3. 29/12/2010 21:32

    Boa Poço!

  4. Gabriela Luna permalink
    03/01/2011 19:31

    Oi Rafa

    Acredito que se todos parassem de pagar passagem (como algumas pessoas já fazem, pegam o ônibus e dão um “calote”) essa situação mudaria. O salário do cobrador e do motorista não mudam, eles não seriam prejudicados.

    O problema é: como fazer com que todo mundo, ou pelo menos grande parte da população, simplesmente pare de pagar? Seria preciso um bom discurso e uma boa divulgação, no mínimo.

    Alguma ideia?

  5. Rafael permalink
    04/01/2011 8:57

    Pessoal, valeu mesmo pelas palavras. Mariana, paseei pelo seu blog. Parabéns.

    Vamos tentar articular algo pra, pelo menos, demonstrar a nossa indignação. Esse silencio é o pior que podia ocorrer. Sei que existe o pessoal do MPL, conhecem? http://saopaulo.mpl.org.br/

    “O que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio dos bons”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: