Skip to content

Secretaria de Transportes de SP apresenta resultados de suas ações até 2009

07/01/2010

O prefeito de São Paulo acompanhou ontem a apresentação do balanço das ações da Secretaria Municipal de Transportes (SMT) referentes ao período de 2005 a 2009 e perspectivas até 2012. No início do encontro, o prefeito anunciou que a Prefeitura irá transferir, nos próximos dias, R$ 48 milhões para o projeto executivo do Monotrilho Zona Sul, um dos principais destaques da SMT para os próximos três anos, junto com o investimento para a conclusão do Expresso Tiradentes. 

O secretário de Transportes abriu a apresentação do balanço, elencando alguns das realizações da pasta desde 2005, entre eles, a integração do Bilhete Único com o sistema sobre trilhos (Metrô/CPTM); a implantação do monitoramento da frota de ônibus por GPS; as medidas de combate às fraudes, que propiciaram uma economia de R$ 200 milhões anuais aos cofres da Prefeitura; a transparência e o rigor nos contratos com as concessionárias e permissionárias que operam a rede municipal de transporte; e o programa de renovação da frota, que oferece mais conforto e segurança para os passageiros de ônibus. 

Em termos de gestão do trânsito, o secretário destacou a adoção da restrição à circulação de caminhões; os investimentos feitos na ampliação da estrutura de fiscalização eletrônica do trânsito; medidas operacionais que desafogaram o trânsito em importantes corredores da cidade, tais como o M´Boi Mirim e o Celso Garcia; a aprovação da Lei de Eventos, que propiciou uma arrecadação de R$ 57 milhões à Companhia de Engenharia de Tráfego; a agilização da análise dos processos dos Pólos Geradores de Trânsito; e a redução do tempo de remoção das interferências no trânsito, o que colabora muito para a fluidez.

Balanço de 2009 

Entre as principais realizações da pasta no ano de 2009, o secretário de Transportes Transportes destacou a inauguração de parte do Trecho 3 do Expresso Tiradentes, fazendo a interligação com o Metrô na Estação Vila Prudente. Ele lembrou que, desde 2005, o Expresso recebeu R$ 594 milhões em investimentos, tirando do papel o projeto que se arrastava há décadas.

Ele também mencionou a inauguração do Terminal Campo Limpo, que permitiu a racionalização das linhas da região, gerando um aumento na oferta de lugares nas linhas que ligam os bairros periféricos ao Campo Limpo e uma maior velocidade nos ônibus que fazem a ligação do Campo Limpo aos pontos centrais da cidade.

Também mereceram destaque os 816 novos ônibus que entraram em circulação em 2009, completando 8.319 veículos substituídos desde 2005. Além de trazer mais conforto e segurança, a renovação da frota permite aumento da oferta de lugares, sem a necessidade aumentar o número de coletivos em circulação, já que os novos veículos são maiores do que os antigos. Devido à renovação da frota, ao final de 2009, havia 5 mil lugares a mais no sistema municipal de transportes do que no início do ano. Desde 2005, a Prefeitura já investiu R$ 2 bilhões na renovação da frota de ônibus.

O secretário apresentou todos os pagamentos realizados até novembro de 2009 para as empresas operadoras do transporte coletivo, incluindo concessionárias, permissionárias, serviço de trólebus e serviço Atende. Os valores são os seguintes (em R$ mil): 

Concessionárias Subsistema Estrutural      2.656.675
Serviço Atende                                            32.202
Frota Pública (Trólebus)                              9.834
Permissionárias Subsistema Local             1.256.016
TOTAL                                                     3.954.728

A busca da transparência em todos os pagamentos realizados pela Prefeitura também tiveram ênfase no balanço do ano passado e devem ser ampliadas. O secretário de Transportes lembrou que em 2009 as transferências que eram feitas para as cooperativas de permissionários passaram a ser feitas diretamente nas contas dos cooperados, evitando quaisquer desvios de verba. Ele anunciou que em 2010 será modificada a forma como os pagamentos às concessionárias são divulgados no portal De Olho nas Contas. Atualmente, são apresentadas as transferências feitas a cada um dos consórcios responsáveis pela operação do sistema nas oito áreas do município. Neste ano, as contas serão abertas e serão indicados os valores transferidos para cada uma das empresas de cada consórcio.

Fluidez do trânsito na Capital se mantém, apesar do aumento da frota

O secretário de Transportes lembrou que, apesar do constante aumento da frota na capital, as medidas de gestão do trânsito conseguiram manter os índices de lentidão da Cidade nos mesmos patamares registrados há dois anos. Uma das medidas importantes para esse resultado foi a regulamentação do transporte fretado de passageiros, que além de organizar o setor, provocou uma melhora de cerca de 15% na fluidez dos principais corredores da região central.

Outro destaque da atuação da SMT ao longo de 2009 foi a mudança de postura em relação à bicicleta, que passou a ser tratada como um modal de transporte como os demais, tendo sido criado um Departamento de Projetos Cicloviários, dentro da CET. Esse setor registrou muitos avanços no ano passado, com a operacionalização da Ciclofaixa de Lazer, ligando o Parque das Bicicletas ao Parque do Ibirapuera e ao Parque do Povo, e com o anúncio de três novas ciclovias que serão construídas, aumentando em mais 54 km a rede cicloviária da Cidade.

Acessibilidade em destaque

A SMT também fez importantes avanços em termos de acessibilidade.

• Investiu R$ 32 milhões na renovação e no aumento da frota do Atende, que em janeiro de 2005 contava com apenas 123 vans e atualmente é composta por 333 veículos, que transportam 6,4 mil passageiros por mês.

• Ampliou largamente a frota de ônibus acessíveis. Em 2005, a cidade tinha somente 302 ônibus acessíveis. Cinco anos depois, esse número foi multiplicado por dez. A frota tem 3.904 ônibus acessíveis e todos os novos coletivos que entram em circulação são, obrigatoriamente, adaptados para portadores de dificuldades de locomoção.

• Durante o ano de 2009, dez terminais passaram por obras para torná-los completamente acessíveis: Vila Prudente, João Dias, Aricanduva, Guarapiranga, Cidade Tiradentes, Casa Verde, Parelheiros, Varginha, Amaral Gurgel e Princesa Isabel. Essas obras consumiram um investimento de R$ 1,5 milhão.

• A CET realizou a demarcação de 693 vagas de Zona Azul para deficientes (vagas DEFIS), distribuídas de acordo com a proporcionalidade das vagas da cidade e também segundo a necessidade, devido a centros de reabilitação, entidades sociais e outros pontos de convivência.

Concluindo as realizações de 2009, o secretário mencionou as ações de prevenção de acidentes, destacando a criação do Táxi Amigão, que no dia 31 de dezembro já contava com 1.781 taxistas que haviam aderido ao Programa.

Inspeção Veicular do Transporte Coletivo

Além da inspeção veicular normal, os ônibus municipais passam por outra inspeção veicular especialmente desenvolvida para esse tipo de veículo. Serão realizadas melhorias na estação de inspeção dos ônibus.

Frota será monitorada em tempo real em 2010

Após a apresentação dos dados orçamentários, o secretário adiantou os principais projetos para 2010. Mencionou a licitação para a primeira etapa do Monotrilho da Zona Sul, que terá 11,3 km de extensão e vai transportar 30 mil passageiros por hora. Citou a continuação das obras do Expresso Tiradentes, agora sob a responsabilidade do Metrô, com apoio financeiro da Prefeitura.

Também falou sobre o novo sistema de radiocomunicação para gestão do trânsito, que vai agilizar a comunicação de campo com as centrais de controle, especialmente em momentos de emergência. A mudança prevê a aquisição de 1.400 rádios portáteis para os agentes e da criação de uma freqüência exclusiva de rádio para uso da CET.

 Mas a grande inovação em termos de tecnologia será o Programa de Identificação Automática de Veículos (Priav), que vai permitir o monitoramento de toda a frota da Cidade, em tempo real, por meio de chips instalados em todos os veículos. O Governo Federal definiu, no final de 2009, a tecnologia a ser utilizada e a partir de 2010 será possível começar os primeiros passos concretos para a implantação do Priav. Além de oferecer a possibilidade acompanhamento on-line do trânsito em toda a cidade, o Priav vai tornar a fiscalização muito mais inteligente e eficaz, facilitando a localização de carros roubados e de veículos clandestinos.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: