Skip to content

Marina Silva comunica desfiliação do PT

20/08/2009

marinasilva03_06Envolverde, 19 de aosto de 2009

Em entrevista coletiva no final da manhã desta quarta-feira (19/08), a senadora Marina Silva, do Acre, anunciou seu desligamento do Partido dos Trabalhadores, legenda da qual foi uma das fundadoras, há 30 anos. Marina lembrou sua história no PT, falou respeitosamente dos ex-correligionários e mencionou os embates que viveu no partido, ao militar em favor das questões ambientais, tanto quando ministra do Meio Ambiente, quanto como senadora. Ela reafirmou seu compromisso com um projeto de desenvolvimento sustentável para o país.

Marina evitou falar no ingresso em outra legenda ou numa possível candidatura à Presidência da República pelo Partido Verde.

– Agora eu me sinto livre para uma discussão em termos programáticos, de organização, tendo sempre a clareza que nenhum partido é perfeito, mas que as instituições precisam das pessoas, das virtudes, do seu empenho, para serem virtuosas – declarou, classificando sua decisão de “sofrida”.

A senadora, que nos últimos meses defendeu o afastamento do presidente do Senado, José Sarney, disse que a mudança de posição da bancada do PT – que seguiu a orientação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de dar sustentação a Sarney – não foi condicionante para sua desfiliação. À noite, o presidente do PT, Ricardo Berzoini, afirmou em entrevista que seu partido não pedirá a cassação do mandato de Marina Silva, ainda que considere que ele pertence à legenda.

À tarde, o 3º secretário do Senado Federal, senador Mão Santa (PMDB-PI), leu em Plenário, no início da noite, mensagem enviada por Marina Silva na qual ela comunica ao presidente do Senado Federal sua desfiliação do PT.

Em 1984, Marina Silva e Chico Mendes fundaram a Central Única dos Trabalhadores (CUT) no Acre. Em 1985 ela se filiou ao PT, sendo eleita nos anos seguintes vereadora e depois deputada estadual.

Marina Silva exerce seu segundo mandato no Senado Federal, que termina em 31 de janeiro de 2011. O primeiro mandato da senadora começou em fevereiro de 1995. De janeiro de 2003 a maio de 2008 esteve licenciada do Senado para assumir o Ministério do Meio Ambiente, de onde saiu no dia 13 de maio de 2008, retornando então ao Senado.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Oliveira permalink
    01/10/2009 1:11

    Marina ..admiro muito sua caminhada, venho acompanhando voce a muito tempo. E durante este tempo só tenho elogios a sua forma de fazer politica . Gostaria de fazer uma pergunta: Se voce defendeu o afastamento do José Sarney como pode se filiar ao PV um partido que tem como presidente o neto dele ?? Nao quero comentar sobre eleições pois sei que voce não está querendo falar sobre isto agora , mas se for disputar conte com meu voto! Mas por favor lute para ter um excelente vice-presidente alguem que voce e o povo brasileiro, nós, possamos confiar , estamos CANSADOS de tantas corrupções e mentiras !!!
    sucesso pra ti..Nós em Sao Paulo torcemos por voce!

Trackbacks

  1. Marina Silva deixa o PT! « Psico-ambiental

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: