Skip to content

Ativistas do Greenpeace detidos no Senado

03/06/2009

Três ativistas do Greenpeace foram detidos no Senado hoje, por volta das 15:45, quando tentavam entregar à senadora Kátia Abreu (DEM-TO) a faixa de Miss Desmatamento.

grenUma ativista com um machado de plástico nas mãos, a faixa de Miss Desmatamento e uma máscara da senadora cobrindo sua face entrou no Congresso pelo Salão Verde da Câmara dos Deputados e seguiu para o Salão Azul do Senado ladeada por dois ‘assessores’ com motosserras ligadas, seguidos por um pelotão de jornalistas. Com a pressão da imprensa, os três conseguiram chegar ao gabinete da senadora, onde foram detidos pela polícia do Senado.

Os ativistas tiveram a honra de inaugurar a nova prisão no subterrâneo do Senado, contruída ao custo de 50 mil reais – pagos pelo contribuinte brasileiro, claro.

ATUALIZAÇÃO – 18h: Os senadores Eduardo Suplicy (PT-SP) e Marina Silva (PT-AC) negociaram a liberação dos ativistas detidos e Suplicy chegou a fazer um discurso, agora há pouco, no plenário do Senado pedindo para que a senadora Kátia Abreu (DEM-TO) retirasse a queixa contra os manifestantes.

ATUALIZAÇÃO – 18h05: Nosso ativistas acabaram de ser liberados! E a senadora Kátia Abreu não quis ficar com a faixa de Miss Desmatamento.

Mátéria do site http://www.greenpeace.org.br

Anúncios
One Comment leave one →
  1. 03/06/2009 13:00

    REVOLTANTE!

    Depois de uma notícia dessa e sabendo da atuação da senadora, é intragável e inaceitável ler um artigo dela no Estadão, no dia seguinta (!), tentando limpar a sua barra, dizendo NÃO ao desmatamento (bem duvidoso!) e SIM à produção, ao crescimento. Meio contraditório, porque é não ao desmatamento e SIM ao modelo desenvolvimentista de sempre. Ela se defente, como se a bancada ruralista fosse coitada nessas discussões sobre o Novo Código Florestal, PAC etc.

    E diz: “É hora de quebrar o monopólio dos falsos anjos da natureza que pretendem decidir o que pode e o que não pode em matéria de meio ambiente, recusando verdades científicas e laudos insuspeitos da EMBRAPA”.

    TOSCA.
    JORNAL TOSCO.
    De fato, não temos muito o que comemorar, no nível parlamentar pelo menos, no DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE.

    Quando conseguiremos estabelecer um diálogo razoável e mais harmoniozo entre os ministérios? Quando as lideranças pensarão e agirão, de fato, pelo bem estar social?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: