Skip to content

Carta ao futuro motorista

27/05/2009

Por JP Amaral

Há um tempo queria elaborar um panfleto direcionado às pessoas que estão na fila para tirar a carta de motorista, divulgando informações sobre os cuidados com os ciclistas no trânsito. Todo dia eu passo na Rua Princesa Isabel, no bairro Campo Belo, em São Paulo, e vejo elas lá paradas na fila. Algumas tensas para entrarem nesse mundo caótico dos automóveis, outras entediadas pela demora.
Meu ponto é: queria aproveitar esse momento de espera delas para divulgar informações que os motoristas deveriam saber com respeito aos ciclistas no trânsito. Já que eu passo obrigatoriamente todos os dias por lá, achei que fosse uma maneira fácil e efetiva de termos mais respeito.

Segunda-feira (25/05) distribui a carta (panfleto) para os ansiosos da tal fila.
Cheguei muito cedo, mas já tinha lá uns 30 perdidos, e a melhor coisa: todos com aquela cara de “NÃO TENHO NADA PARA FAZER! ME DÊ ALGO DE INTERESSANTE PARA LER!”
Pois fui lá satisfazer a vontade deles. Distribui o panfleto e logo vi umas vozes impressionadas, outros quietos lendo atenciosamente.
Ou seja, uma medida simples, mas que pode trazer bastante resultado. Vamos ver…

Fiquem a vontade de promover/divulgar essa carta. Baixe a carta no link abaixo ou leia a seguir:

Carta ao futuro motorista


Caro(a) futuro(a) motorista,

Você está prestes a se tornar mais um entre os mais de 100 mil motoristas habilitados anualmente e, se adquirir um carro, mais um entre os 3,5 milhões automóveis que circulam pela cidade de São Paulo todos os dias – Boa sorte!

Nesta trajetória para obter uma carteira de habilitação é bem provável que você não tenha ouvido falar sobre os cuidados que os motoristas devem ter com os ciclistas no trânsito. Para isso, dispomos aqui algumas informações para compartilharmos o trânsito com segurança e respeito:

1- A bicicleta é um veículo previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

2- A circulação de bicicletas deverá ocorrer, quando não houver ciclovia, ciclofaixa, ou acostamento, ou quando não for possível a utilização destes, nas beiras das vias, no mesmo sentido de circulação, com preferência sobre os veículos automotores. (art. 58, CTB).

3- Durante a manobra de mudança de direção, o condutor deverá ceder passagem aos pedestres e ciclistas (art. 38, CTB), sempre sinalizando com seta.

4- Ao ultrapassar uma bicicleta, reduza a velocidade (art. 220, CTB) e mantenha distância lateral de  1,5 m (art. 201, CTB).

5- O ciclista desmontado empurrando a bicicleta equipara-se ao pedestre em direitos e deveres (art. 68, CTB).

Se um dia estiver apressado no trânsito, pense na seguinte questão: sua pressa vale uma vida?

E se você ficou curioso em saber como é experimentar as ruas e conhecer a cidade de bicicleta, vá na próxima Bicicletada – toda última Sexta-feira do mês, a partir das 18h, na Av. Paulista x Av. Consolação.

Mais informações:

WWW.BICICLETADA.ORG

ECOURBANA.WORDPRESS.COM

Anúncios
6 Comentários leave one →
  1. 28/05/2009 9:25

    Hey JP!
    Idéia muito boa. Fico aqui imaginando a cara com que as pessoas receberam o papel e como ela foi se transformando durante a leitura da carta. Este tipo de intervenção tem muito a contribuir com a transformação do cotidiano, sobretudo nos grandes centros urbanos. Fiquei pensando em fazer aqui a “Carta do futuro eleitor enganado”, pra jovens de ensino médio…
    Enfim, estou publicando a Carta lá no Anticorpo de Gaia e te inclui no Blogroll.
    Abção, Bruno
    paz e bem

  2. 28/05/2009 11:24

    Diga aí Bruno!
    Obrigado pelo post em seu blog (http://anticorpodegaia.blogspot.com/2009/05/intervencao-simples-mas-direta.html). Que bom que gostou da ideia.
    A sua ideia de levar essa carta para “outros públicos” é muito interessante!
    Me informe caso publicar algo.

    Grande abraço,

    JP Amaral

  3. 29/05/2009 15:56

    Caro JP, sensacional sua idéia e a carta!
    Eu sempre passo em uma rua do Butantã na qual os “futuros motoristas” ficam praticando com o carro da autoescola. Algumas vezes eu parei e entreguei o panfleto “preserve a vida” da bicicletada. Mas não era suficiente. Com sua carta nós teremos argumentos fortes para abordagem. Já salvei e vou imprimir.
    Muito obrigado.
    Abraços.
    Fabiano

  4. Hermes David Ramos permalink
    29/05/2009 16:24

    Ótima ideia!
    Vou imitar o gesto em minha cidade.

    Saudações ciclísticas!

    David
    Canoas RS

  5. ecourbana permalink*
    30/05/2009 21:17

    A vontade Hermes!
    A ideia é multiplicar!!
    Abs,

    JP Amaral

Trackbacks

  1. Replicando posts « Igual Você.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: