Skip to content

2a Audiência Pública do Plano Diretor Estratégico

24/03/2009

A segunda Audiência Pública do PL 671/07, da autoria de Gilberto Kassab que dispõe principalmente sobre a revisão e a sistematização do Plano Diretor Estratégico ocorrerá no dia 25/03 (Quarta-feira agora), às 9h00 no salão nobre – 8o andar, da Câmara Municipal (Vd. Jacareí, 100).

Segue textos já publicados neste blog sobre a primeira audiência pública:

Plano Diretor: contextualizando…

Participantes de audiência pública dizem não ao projeto de revisão do Plano Diretor

…e o texto a seguir que recebi via e-mail de Henrique Boney que esteve na primeira audiência pública e colocou suas perspectivas e opiniões do PDE, principalmente do ponto de vista da mobilidade urbana em São Paulo:
Por Henrique Boney

A audiência de hoje foi encerrada, mas haverá a 2ª Audiência Pública sobre a revisão do Plano Diretor em 25/03, as 9h00 horas, no salão nobre do 8º andar, será uma audência para entrega do relatório.

Acho importante a Transporte Ativo acompanhar, se manifestar, e tentar inserir melhorias cicloviárias no Plano Diretor Estratégico (PDE), que de alguma forma organiza o crescimento de nossa cidade para os próximos 4, 8, 12 anos, se não, vamos ficar pra sempre com o discurso de que precisamos pedalar hoje, e este hoje nunca chega, porque não participamos do planejamento da cidade a 4, 8 12 anos atrás.

Este ano a revisão do PDE vai delimitar como a cidade será construída nos próximos anos, e se não conseguirmos inserir nesta discussão os melhoramento cicloviários, com participação popular e de entidades que representam os interesses civis da classe, tudo vai crescer esmagando os espaços não reivindicados dos ciclistas durante o planejamento.

Temos o Chico Macena na mesa de Comissão de Política Hurmana da Câmara, que é justamente por onde vai passar a revisão, é nosso aliado, mas ele sozinho não basta, não ajuda, não resolve, os outros vereadores, componentes desta comissão, tem que ver seus eleitores interessados nestas questões também, receber email, telefonemas, presença de lideranças e instituições que cobrem deles determinada postura, etc, senão vira uma festa, tudo acontece, a cidade muda, tudo é liberado ou restrito de acordo com a vontade de um pequeno grupo, e quando a população se der conta, já não adianta mais protestos, mandado de segurança, etc, pois o momento de discutir ja foi.

É exatamente o caso da obra de adequação viária da Marginal do Rio Tietê, prevista para inaugurar em 2010, vão passar de 13 faixas, para 20 faixas para veículos, sabe aonde está o espaço reservado para o transporte cicloviário nesta adequação?, nem respondo, se tiver para pedestre é muito.

Como chegou a este ponto?

Chegou porque quando lá atrás, há mais de 10 anos, quando juntaram SEP, ST, DERSA, DER, CDHU, SEMPLA, SIURB, EMURB, SMT, CET, SVMA, SEHAB, e etc, para discutir o PDSV (Programa de Desenvolvimento do Sistema Viário Estratégico Metropolitano de São Paulo), e fizeram suas audiências públicas, ouviram a população interessada (provavelmente construtoras) , discutiram, aprovaram, sem a presença de entidades de defesa de interesses de ciclistas urbanos ( para defender um espacinho nesta obra, e por mais que seja lei, se não consulta pública, ninguém se manifestou, vão fazer a obra sem prever a criação de espaço para ciclovia, agora, com tudo pronto, auditado, orçado, regulado, é mais difícil brigar.

Neste processo do PDSV estão outras obras, e nenhuma planejada para receber ciclista.

Rodoanel Norte – Sem data de inauguração
Rodoanel Oeste – Concluído em 2002
Rodoanel Sul -Inaugura em Out/2010
Rodoanel Leste – Inalgura em Set/2009
Roberto Marinho – Inalgura em Set/2010
Marginal Tietê – Inalgura em Mar/2010
Nova Bandeirantes – Inalgura em Maio/2010
Jacu Pessego – Inalgura em Mar/2010
Jacu Pessego X Ayrton Senna – Concluído em 2008

Será que vamso conseguir agora, a esta altura, alguma coisa ocm essas obras?
Se tivessmos participado de todos os processos, desde o inicio, lá na reivindicação, seria diferente?

Por isso é importante termos representação, não só no câmara, no senado, no governo, ou seja lá aonde for, temos que ter na sociedade, de forma séria, para podermos participar destes momentos decisivos para a conquistas dos nosso interesses.

Eu tenho certeza, de quando começaram a fazer o planejamento da reforma e acessibilidade das calçadas da Paulista, tivesse a participação de alguma entidade nossa no processo, ou a manifestação popular propondo um espacinho pra gente nas audiência públicas a respeito desta reforma da calçada, talvez teríamos uma calçada compartilhada, ou faixa compartilhada, ou sinalização, sei lá, só sei que vejo muitos órgão, e pessoas fazendo e planejando coisas que envolvem o sistema cicloviário, e estas mesmas pessoas e órgãos não se conversam, se tivéssemos uma entidade nossa, interlocutando com todos, poderíamos integrar melhor nossas conquistas, melhorar os projetos, divulgar mais, saber mais, participar mais, etc

é isso, não vamos deixar morrer nosso planos de nos organizar.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. 24/03/2009 12:12

    Car@s, parece que tem algum erro de data. 25/03 é quarta-feira, e não terça. Qual a data correta? 24 ou 25? (podem apagar este comentário)

  2. ecourbana permalink*
    24/03/2009 18:56

    Bem colocado! Sera na Quarta-feira mesmo!
    Obrigado pela observacao.

    Abcs,

    JP

    (Perdao, teclado sem acentos…)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: