Skip to content

Origami Days

10/03/2009
by

Um sorriso brilhando...
Um sorriso brilhando…

Continuando a saga do uso da bicicleta dobrável, acrescento mais alguns relatinhos curtos de situações…

Quinta feira, 05 de março. Vou ao trabalho com a bicicleta. Saio de casa engravatado, com a bicicleta na sacola, dentro dum táxi. Entro no metrô e desço na estação mais próxima do local. Pedalo rapidamente o trecho curto, entro com a bikezinha semi-desmontada: o banco ainda estendido serve de cabo para que eu empurre a bicicleta sobre uma das rodas, como se faz com um carrinho. Prático, não implica em carregar peso.

Meus colegas e alunos espantam-se coma bicicleta. Muitos nunca viram uma bicicleta dobrável de perto, e um colega, mais esclarecido, pergunta se eu trouxe de Londres ou alguma capital européia…

Na volta, pedalo até o metrô, vou até a estação onde desço e e pedalo até em casa, com o paletó dobrado dentro da mochila.

Sábado, dia do 1º BotEco Urbano. Na preguiça de pedalar de casa até o local do evento, desisto de ir com a confortável reclinada e vou com a dobrável. Pedalo até o metrô, levo-a aberta dentro do vagão, desço na estação Anhangabaú, com ela dobrada, pois perto da Sé o metrô enche e eu não quero ocuparmuito espaço.

Na saída do metrô, enquanto desdobro a bicicleta, um popular achega-se e começa a perguntar:

– É a motor?

– Não.

– É elétrica?

– Não, é uma bicicleta normal, de pedalar….

– Ah… Porra!

E sai andando, indignado…. Como entender essas pessoas cujo cérebro já está impregnado pela cultura motorizada?

No BoEco a bicicletinha faz sucesso. Todo mundo acaba dando uma voltinha, inclusive o Zé Paulo, que extrapola a altura máxima para usuários em dois centímetros. Sugeri a ele cortar um curtro trecho das pernas…

A meninas deliciam-se, pedalando inclusive usando saias, com a segurança necessária.

Olha o sorriso da garota!o,

Terminado o evento, acompanho os demais rumo à Vila Madalena. Enquanto outros vão pedalando, eu, com preguiça, e para não deixar os bancos de passageiros do carro de uma pessoa do coletivo vazios, Acabo por pegar uma carona. Mais uma praticidade da bicicletinha: dobrada, vai no porta-malas.

Na volta pego outra carona, e novamente a bicicleta vai até em casa dobrada. Não se poderia fazer isso com outra bicicleta que não seja dobrável. A bicicletinha permite-me dois tipos de práticas mais ecológicas: a pedalada e o uso da carona solidária.

Hoje a bicicleta está aqui comigo, num outro local, no interior de Sõ Paulo. Viajou de ônibus, e daqui a pouco servir-me-á para o transporte até o hotel. Amanhã será meu transporte do metrô até minha casa, em São Paulo. Mais prático, impossível.

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. 10/03/2009 20:24

    Odir Odir.
    Já pedi para o Sr. Noel uma bike dessa. Agora é aguardar o dia 25 de dezembro chegar.
    O sorriso na foto retrata bem minha opinião. Adorei. Leve, compacta, confortável, câmbio bom…
    Sou a favor de sempre divulgarmos as boas “soluções” e alternativas.
    De fato o BotECO foi dinâmico: músicas, conversas, filme, passeios de bike!
    Que venha o próximo.

    Gabi

    ps: Tive dó do Zé Paulo quando você sugeriu cortar um tequinho das pernas dele!

  2. 10/03/2009 20:48

    Sensacional! Pena que estou no peso limite, não daria pra carregar nem as ferramentas que já excederia o peso… Pelo menos não preciso cortar nenhum pedaço das pernas, rs!

    Ah, tô sem grana também! Perdi a chance de comprar ano passado, agora imagino que esteja bem mais cara.

  3. 11/03/2010 23:00

    olá!

    estou pensando em comprar uma bicicleta… gostaria de saber mais detalhes em relação ao conforto dela. É boa apenas para distâncias pequenas? Cansa muito pedalar nela?

    Na cidade em que moro, não tenho necessidade de bike, porque dá pra ir em todo lugar andando mesmo. Ocasionalmente gostaria de usá-la pra queimar umas calorias no fim da tarde…

    Também penso em comprar uma dobrável pra levar em viagens e usar tanto como meio de transporte em cidades maiores quanto como opção de lazer…

    se puder, esclarecer, eu agradeço bastante!

    valeu!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: