Skip to content

Como morrer mais cedo em São Paulo – Texto de Gilberto Dimenstein

11/03/2008

                               img_0010.jpg 

CHEFE DO LABORATÓRIO DE POLUIÇÃO DA USP , integrante do comitê científico da Faculdade de Saúde Pública da Universidade Harvard e professor titular de patologia, Paulo Saldiva chegou ao topo de sua carreira, mas sente-se um médico frustrado: “Faço diagnósticos, mas não consigo curar”, lamenta.

Ele e seu grupo de 30 pesquisadores da USP diagnosticam que, por dia, na cidade de São Paulo, a poluição mata prematuramente 12 pessoas e produz 200 vítimas de pneumonia, infarto do miocárdio, asma, otite, entre outras doenças. É o suficiente para reduzir em um ano a expectativa de vida do paulistano.

As invisíveis partículas que saem dos escapamentos dos automóveis mataram, em 2007, o dobro- isso mesmo, caro leitor, o dobro -do que os assassinatos. Se imaginarmos um estádio superlotado do Morumbi, teremos uma idéia do que representam anualmente as 200 pessoas que todos os dias adoecem por causa da poluição.

A frustração de Saldiva é que, apesar de seu diagnóstico baseado em pesquisas científicas, a poluição aumenta e mata cada vez mais gente, mas não gera tanta mobilização como a violência, a maior preocupação dos paulistanos.

As duas últimas semanas serviram para aumentar a frustração de Saldiva -um médico que, para dar o exemplo, se locomove pela cidade montado em uma bicicleta.
De 2006 a 2007, como noticiou a Folha, aumentou em 54% o número de vezes em que a qualidade do ar estava imprópria. Nesse mesmo período, a taxa de homicídios na cidade de São Paulo caiu 22%. Desde 1990, a redução foi de 73%.

Nas duas últimas semanas, foram noticiados recordes de congestionamento, inclusive em períodos razoavelmente sossegados para os padrões locais. “Não vemos os políticos dispostos a enfrentar os donos de automóveis”, critica o médico. Politicamente, isso é explicável.

Convivem na cidade 11 milhões de habitantes e 6 milhões de automóveis, 800 dos quais licenciados a cada 24 horas. Não é necessário ser um matemático para ver que a imensa maioria dos eleitores está motorizada.

São agradados, no geral, com pontes, viadutos, alargamento de ruas e avenidas, levados à ilusão de que a circulação vai melhorar. As obras rendem votos (e, quem sabe, ajuda em caixa de campanha), mas não soluções. Tanto não rendem soluções que já existem cálculos sobre o dia e a hora em que a cidade vai, literalmente, parar.
Existe luz no fim do túnel? Existe. Mas ainda está muito difícil enxergá-la justamente por causa do excesso de fumaça.

Os crescentes incômodos com o trânsito e com a ecologia, traduzidos nas horas paradas e nas mortes e doenças, abrem espaço para que, nesta eleição municipal, se discuta até que ponto vale a pena apoiar medidas impopulares e, ao mesmo tempo, gestões urbanas mais sofisticadas.

Sofisticadas significa integrar diferentes níveis de governo no financiamento de transportes públicos. Apenas agora, depois de quase três décadas, a prefeitura deu dinheiro para a expansão do metrô, que não recebe um centavo (exatamente isso, centavo), de Brasília -um desdém indesculpável diante de uma região com tanta importância nacional.

Assim como são sofisticados os planos de integração dos vários sistemas de transportes, formando uma malha eficiente, acoplados a projetos destinados a aproximar moradia ao trabalho. Um dos planos mais ousados é a recuperação da orla ferroviária, antiga área de fábricas e hoje subutilizada, em pólo dinâmico, tirando-se proveito da existência de centenas de quilômetros de trilhos.

Medidas dessa complexidade exigem uma política diferenciada para as regiões metropolitanas, a começar da aliança de vários prefeitos vizinhos, em parceria com o governador e o presidente.

Mesmo que saiam do papel, esses planos não bastam. Os mais experientes especialistas de trânsito asseguram que serão exigidas medidas antipáticas. Uma delas é limitar as entregas de carga a determinados horários, o que desagrada aos comerciantes. Outra, ainda mais impopular, é fazer pedágio urbano para tirar os carros das ruas e, ao mesmo tempo, financiar o transporte público.

Vai dar muita briga, mas, depois, todos vão aceitar. Ninguém quer mais tirar o rodízio nem se pede mais o fim dos talões de zona azul, duas medidas que provocaram incômodos quando lançadas. O que não sabemos é se, desse pleito, vai sair um plano capaz de colocar seu projeto político individual abaixo dos interesses coletivos e topar uma briga que pode-se perder no presente, mas se ganha no futuro.
O prefeito de Londres impôs o pedágio, apanhou de todos os lados, mas venceu e hoje é reverenciado pelos londrinos e aplaudido mundialmente pela sua coragem.

O que está em discussão não é o trânsito, mas a construção de uma sociedade civilizada. Provavelmente, vai aparecer a luz no fim do túnel quando os eleitores ficarem tão irritados com as mortes provocadas pela poluição como os assassinatos cometidos por marginais.

Não fosse a pressão, São Paulo não teria reduzido em 73% o número de assassinatos.


Coluna originalmente publicada na Folha de S.Paulo, editoria Cotidiano.
(http://www1.folha.uol.com.br/folha/dimenstein/colunas/gd100308.htm)

Anúncios
34 Comentários leave one →
  1. 19/03/2009 17:46

    Ola. Acabo de descobrir este blog e ele traduz tudo o que eu penso, palavra por palavra. Parabens! Precisamos manifestar essas ideias nas ruas de alguma maneira, uma campanha intensa que seja mais visivel pela populacao. Ate mais.

  2. ecourbana permalink*
    20/03/2009 11:54

    Claro Lisa! Devemos divulgar nossas opiniões sempre, para encontrar convergências e entender divergências. Se quiser participar, fazemos reuniões quinzenalmente. Qualquer coisa nos mande um e-mail em ecologiaurbana@yahoo.com.br

    Abçcs

    João Paulo Amaral
    skype: jpmamaral

  3. 15/06/2009 19:34

    Gostei muito do seu texto! pricimpalmente sobre a falta de iniciativa do governo em ampliar o nosso transporte público, pois isso não gera votos a eles, e ficamos dependentes de um trasporte deficiente, com mais carros na rua, e consequentemente mais poluição.

  4. Claudia Barcelos permalink
    15/06/2009 19:37

    Fiquei muito preocupada com este estudo e com as estasticas temos que tomar providencia o mais rapido possivel pra que nao tenhamos uma populaçao doente temos que unir forças cobrar mais dos nosos governantes pra que possamos continuar morando em sao paulo.

  5. viviane permalink
    15/06/2009 19:38

    nos mostra que de vemos nos orientar melhor sobre nossa cidade onde morramos, a populaçao esta muito de sinformada sobre os probremas de sao paulo, o probrema mais grave é o transito

  6. 15/06/2009 20:56

    Bom, o nosso governo deveria se empenhar mais em fazer ciclovias e incentivar as pessoas um novo ritmo de vida mais saúdavel .

  7. Leandro Hayasaki permalink
    15/06/2009 21:08

    Como melhorar a qualidade d vida na cidade de são Paulo, temos varias soluções para isso, mas nenhuma é usada.
    O texto ja fala quem é o grande vilão disso, quem governa as grandes cidades que nem São Paulo.
    O mais importante para eles é o voto, assim eles só engana a população.
    É o poder falando mais alto sempre!

  8. Ariane permalink
    16/06/2009 18:31

    O texto nos mostra que a cidade de são paulo está precária.
    Em um dia morre várias pessoas estão sofrendo com o ar poluido.
    E se extressando com o trânsito dessa cidade caótica.

  9. Viviane Texeira permalink
    16/06/2009 18:41

    São paulo está uma cidade precária com o ar poluido.
    E o trÂnsito cáotico, mais nada fazem para melhorar…
    A população está muito desinformada sobre os graves problemas da cidade de são paulo.
    A polulação deveria receber panfetos, com orientações para melhorar o nosso ambiente de vida.

  10. Midian Carina permalink
    16/06/2009 18:45

    Primeiramente gostaria de parabenlizalos pelo site…
    Realmente estamos vivendo um caos e se não nós unirmos a tendencia e piorar.
    E assustador mas e veridico…
    tantas promessas e ninguem cumpre…só falar não adianta nada!
    tem que cumprir.
    Só assim as pessoas deixarão de morrer por negligencia do governo!.

  11. Eva vilma martins permalink
    16/06/2009 18:51

    o que acabei de ler é a realidade da nossa cidade. Não vemos iniciativa do nosso governo que precisa providenciar o mais rapido possivel uma soluçoês para melhorar a qualidade do ar da nossa cidade.

  12. SEVERINA SUARES DE LIMA NADA permalink
    16/06/2009 18:55

    NADA ROMANTICO ESSA IDEIA DE MORRER MAIS CEDO EM SAO PAULO. PRECIZAMOS QUE ALGUEM FAÇA ALGUMA COISA ANTES QUE SEJA TARDE, POR EXEMPLO ,MELHORAR A QUALIDADE DO AR, ACABAR COM A POLUIÇAO DIMINUIR A CRIMINALIDADE .COSTRUIR CICLOVIAS,INCENTIVAR CARONA SOLIDARIAS.

  13. Francilene fernnades guimaraes permalink
    16/06/2009 19:01

    Eu achei muito legal gostei , mais esse tema como morrer mais cedo em sao paulo nao e legal.mais algumas coisas poderia mundar para melhorar pricipalmente o ar o lixos das ruas, os rios,estradas transitos etc…

  14. Robson Turqueti da Silva Souza permalink
    16/06/2009 19:17

    Bom, na minha opinião, eu concordo com o comentário do Leandro Hayasaki, porque os grandes governantes que dirigem as grandes cidades como a de são paulo, eles só pensam no poder. Eles só agem em época de eleição, para enganar a população, para que a população vote neles sempre, para que assim eles tenham esse poder como diz o comentário do Leandro, que o poder fala mais alto..
    Então nós, os habitantes da cidade, podemos não só ficar contando com ajuda dos governantes, nós também podemos fazer alguma coisa para não prejudicar mais a cidade de como ela esta hoje. por exemplo: nós podemos respeitar as sinalizações, respeitar as leis de trânsito, respeitar os pedestres, respeitar o trabalho dos garis que estão na batalha de deixar a cidade limpa todos os dias, estimular a carona solidária, o uso de bicicletas na cidade e etc…
    E essa é minha opinião do texto!

  15. pedro pereira nunes permalink
    16/06/2009 19:36

    morrer mais cedo em são paulo e a mau alimentão e o ar poluido dos
    veiculos toda a população deve andar mais de bicicleta respeitando o
    transito evitando acidentes sobre os carros a prefeitura deve adotar
    medidas para os proprietarios colocar catalizador nos seus veiculos
    para evitar o ar poluido que faz muito mal para a saude mais a
    prefeitura deve convocar os proprietarios que tenha os seus carros
    usados para uma revisão bem cautelosa para evitar probremas com
    a saude de toda a populacão. precisa de uma grande cocientizacão
    para a populaçao mais carente e sem falta de informacão pesso por favor para os nossos gorvernantes para muito carinho com a populacão.

  16. Lazaro permalink
    16/06/2009 19:38

    Muito importante a mobilização de todos os cidadãos para construção de uma cidade mais humana.

  17. alex da silva souza permalink
    16/06/2009 19:41

    eu acho que os prefeitosão uma das pessoas que tinha que olhar mais para perceber o que esta acontecendo com a nossa
    cidade e começar a
    construir mais metros na cidade com o custo menor para que a maioria das pessoas em v ir eh varios carros para o serviço pega mais metros onibus isso ja ia ajudar a diminuiir a poluicão da nossa cidade
    mais tambem não da para colocar a cupa so nos prefeito agente tambem tem que percebe o que esta acontecendo com a cidade e comessa a preserva mais o ambiente como o desmatamento das arvores tambem não
    jogar lixo nas ruas nos lagos isso não tem nem como fala que é os prefeito agente tinha que preserva mais o nosso ambiente pq si naum vai te uma hora que o mundo naum vai aquenta mais isso e todos nois vamos morrer

  18. adriana j silva permalink
    16/06/2009 20:34

    bom no meu ponto de vista devem mudar muitas coisas em sao paulo
    tal como os onibus demoram muitissimo para passar no ponto, causando até mesmo conflitos e nervosismos.
    sem contar com a saúde publica da população, que esta uma vergonha.com
    com certeza sem duvidas deve-se mudar muitas coisa , mas sim para o melhor , talves eu esteja egagerando em falar em poucas palavras, o que penso mas isso que falo com certeza é para ter uma cidade melhor tanto no transporte publico, como na educação.

  19. selma de j santos permalink
    16/06/2009 20:46

    eu gostaria que o trasporte pulblico de sao paulo melhorace por que as condiçoes sao pecimas e também gostaria que tivesem mais oportunidade de trabalho e estudo para os jovens principalmente para a classe mais pobre.

  20. Tiago Lucas Moura Lima permalink
    16/06/2009 21:03

    – Bom na minha opinião, os maiores cupados do nosso ar estar desta forma poluida são os carros fabricas eo desmatamento si nos conseguirmos acabar com esses tres destruidores de vida viveremos melhor…
    -Tentando invouver todo o mundo neste foco de vida-

  21. Edivaldo de oliveira dantas permalink
    16/06/2009 21:06

    Acho que o dinheiro que é desviado (roubado) do trabalhador paulistano,
    pode melhorar e muito nossa vida.

  22. Gustavo Araujo Calegare permalink
    16/06/2009 21:12

    Se eu fosse prefeito ou governador eu diminuia os carros e motos e construia mais metros e trens , construiria ciclovias.
    Se eu tivesse um carro eu sairia com ele só para viajar para colaborar com o meio ambiente .
    No jornal e na tevê deveria dar mais noticia de poluição porque as pessoas não estão muito informadas do que esta acontecendo com o planeta.

  23. ANDRE CARDOSO SILVA permalink
    16/06/2009 21:25

    COM AUMENTO DE MUITO AUTOMÓVEL,NA CIDADE AUMENTOU MUITO A POLUIÇÃO, NA GRANDE SÃO PAULO , O NOSSO PREFEITO DEVERIA DIMINUIR OS CARROS NA CIDADE DE SÃO PAULO .MAS O NOSSO GOVERNO PROCUPA MAIS COM AS FESTAS EM SÃO PAULO DO QUE A POLUIÇÃO. DEVERIA CONSTRUIR MAS CANPNHA PARA COMBATER A POLUIÇÃO.
    DEVERIA CONSTRUIR MAS ,ESPASOS PARA OS CICLISTA NA GRANDE SÃO PAULO.

  24. marcos roberto leite permalink
    16/06/2009 21:27

    Para mim, em primeiro, lugar precisamos ter consiencia de que tudo pode mudar
    deixar o carro algumas veses em casa solicitar ao governo e prefeito de sua cidade prioridade
    em transporte urbano de qualidades.

  25. Alex Chagas lima permalink
    16/06/2009 21:35

    Com os juros dos automóveis cada vez mais caindo, a tendencia é aumentar os congestionamentos na minha cidade. Tem que começar a fazer rodizios com final impar e final par todos os dias e também para as motos. Uma moto polui mais que um carro e veiculos de cargas, ônibus no centro espandido só movido á gás natural. Dar prioridade para trabalhadores ir para as empresas de ônibus fretado e também rodizio aos fins de semana.

  26. adrielle cunha. e Gessé permalink
    16/06/2009 21:37

    Resumo do que achamos…
    achamos tem muitas coisas para melhorar a nossa cidade, nosso bairro, nosso país.
    Por exemplo: colocação rápida do trem bala, para poder diminnuir carros motos e o trafico aereo..
    e muitas outras coisas mais, o que falta tambem é a consientizacão real das pessoas..

    fimmmmmmmmmmmmmm!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  27. Midian Carina permalink
    16/06/2009 21:41

    eu acho que deveriam tirar os onibus e colocar mais trens e metrôs, pois não poluem e nem causam transito, e os espaços de onibus deveriam ser usados com areas verdes e pista de ciclismo.
    E rodizio de carros poderiam ser pelo menos 2 vzs na semana.

    fim!

  28. Neide G. Souza permalink
    16/06/2009 21:43

    eu acho que deveriam tirar os onibus e colocar mais trens e metrôs, pois não poluem e nem causam transito, e os espaços de onibus deveriam ser usados com areas verdes e pista de ciclismo.
    E rodizio de carros poderiam ser pelo menos 2 vzs na semana.

  29. valdina de carvalho macedo permalink
    16/06/2009 21:47

    na minha opiniao, oportunidade de emprego, da abrigo as pessoas de rua. ter horario de onibus passar por que demora muito baixar a conduçao, e melhorar o pisso salarial.

  30. kayque mendes dos santos permalink
    02/03/2011 21:39

    Eu acho assim que na grande sp tém que melhorar muitas coisas, em primeiro lugar, os lixos jogados nas ruas etc.
    Os carros nós sabemos que precisamos deles, mais ném sempre precisamos, porque, todos não paramos para pensar
    é deixamos o carro quardado e vamos para o emprego de bicicleta é muito mais pratico,e não prejudica a saude nossa e ném dos outros,para e pensa pelo o menos uma vez por semana.

  31. rodrigo dos santos permalink
    02/03/2011 21:48

    oi meu nome é rodrigo e eu acho mt importante o assunto “COMO MORRER MAIS CEDO EM SP “pq isso é um assunto que deve ser discutido bem na epoca das eleiçoes né pq é quando os politicos começam a fazer alguma coisa na cidade mais em vez de melhorar so piora mais ainda pq começam e numca terminam!!!!!
    na minha opiniao acho que deveria ser informado as fabricas d carros a fazer carros menos poluentes ou fabricarem carros um ano sim um ano ñ pra ver si diminui a poluiçao ambiental e acabarem com as queimadas tbm!!!!!ate em breve espero novas notas na net!

  32. jurema maciel permalink
    02/03/2011 21:50

    Eu achei o texto muito interessante concordo com a idéia quese tem que acabar com a poluição na cidade pois está causando muitos transtornos.
    Pesquisadores da usp descobrem que por dia a poluição está matando muita gente e trazendo varis tipos de doenças para a população da cidade de são paulo,sobre descobertas de cientistas a poluição aumenta e mata cada vez mais pessoas,foi noticiado recordes de congestionamento em horarios mais ou menos sossegados. Há milhões de habitantes na cidade e mais da metade tem veiculos e causa muita poluição, só agora que o governo resolveu dar um dinheiro para a construção do metrô .

  33. carlos permalink
    03/03/2011 19:09

    o unico jeito de para o desmatamemto e para de consumir

Trackbacks

  1. Carro - as promessas impossíveis no início do namoro « Grupo Transporte Humano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: