Skip to content

Um pouco da minha rotina

20/02/2008

Saia da rotina! Faça novos amigos andando de ônibus.
Fonte: blog apocalipsemotorizado.net

“Saia da rotina! Faça novos amigos andando de ônibus.” Essa campanha realizada em Campinas me fez refletir sobre o meu dia ontem.

Tive que ir de carro ao trabalho por ter uma reunião no começo da tarde (horário de baixa frequência de ônibus na rua em que trabalho). Logo de manhã já percebi que demorei mais do que se tivesse ido de ônibus (considerando que tenho que andar quatro quarteirões para chegar ao ponto).
A tarde cheguei rapidamente na região da minha reunião, porém demorei o dobro do tempo para achar a rua (porque todas as ruas eram contramão) e para achar uma vaga. Me atrasei uns 20 minutos só nessa brincadeira.

Após a reunião, pretendia ir a uma exposição na Av. Paulista. Não tive dúvida, fui de metrô. Aí que as coisas começaram a melhorar. Demorei menos de 10 minutos o que faria em 40 minutos de carro. Também estava a procura de um livro. Por estar a pé, encontrei um monte de livrarias escondidas nas ínumeras galerias da Paulista.

Realmente desfrutei muito de meu passeio. Porém, também percebi a rotina dessa sociedade motorizada e como isso implica na ruptura da rede social. O sujeito de carro sai da garagem da sua residência, entra no estacionamento do seu trabalho, entra na garagem do shopping, etc. As pessoas, de tão inseguras e de tão acomadas em seus carros, não andam mais a pé. Isso explica, por exemplo, porque não existe mais tantos cinemas de rua como antigamente. Aliás, o ser humano urbano tende cada vez mais a fazer atividades solitárias. Em vez de ir ao cinema, assiste DVD em seu home theater, em vez de ir ao parque ler uma revista, acessa a internet.
O transporte público é um meio muito forte de interação entre as pessoas (às vezes até demais! rsrs). Poderia escrever um livro sobre as pessoas e histórias que conheci em minha rotina como usuário de transporte públicos apenas nesta semana. Fica o meu convite singelo à vocês. “Saia da rotina! Faça novos amigos andando de ônibus”.

Um abraço.

 João Paulo Amaral

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Zé Paulo permalink
    20/02/2008 16:11

    Cara, carro é a coisa mais irracional do mundo, é muita lata e muita energia pra pouca gente. Fora os sentimentos de exclusão, agressividade, etc, que gera. Na minha cidade dos sonhos vc anda um pouco todo o dia e se locomove bem, muito bem mesmo de transporte coletivo. Ontem vocês viram o caos no metrô né? O pouco transporte coletivo que existe está colapsado.

  2. 21/02/2008 12:36

    Vi sobre o metrô sim. Estação Bresser se não me engano…
    E pra piorar, o cara que pega esse metrô lotado (colapsado) chega na Av. Paulista (por exemplo) e vai de cara com um prédio cheio seguranças na porta. Se estiver mal vestido já não entra. Depois passa por uma recepção que lhe tira a alma de informação. Então passa por uma catraca para entrar no elevador para depois chegar na recepção da empresa para passar por todo o processo novamente. Fora a perseguição do famoso Big Brother.
    No caso do carro o cara pára no estacionamento do prédio e (em muitos casos) entra direto no elevador que vai até a empresa. Processo mais simples, porém como tentei mostrar no texto tem as suas desvantagens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: